Assembleia Geral Extraordinária – ITS BRASIL

No dia 20 de outubro, sábado, foi realizada Assembleia Geral Extraordinária do ITS BRASIL. Esta reunião tem o intuito de reunir conselheiros e equipe do Instituto de Tecnologia Social para compartilhar as experiências e resultados dos projetos que estão sendo desenvolvidos e as perspectivas de futuro.

 De acordo com a legislação que regulamenta as Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) é obrigatório a composição de um conselho fiscal. No ITS BRASIL o mesmo é eleito a cada dois anos e se reúne anualmente para prestação de contas, na reunião ordinária.

Além da reunião ordinária o Instituo de Tecnologia Social também realizada uma assembleia extraordinária para acompanhamento das atividades desenvolvidas. Todos esses detalhes podem ser conferidos no Estatuto Social do ITS BRASIL.

Conheça o Conselho do ITS BRASIL

MEMBROS TITULARES DO CONSELHO DELIBERATIVO

Pasqualina Jacomaci Sinhoretto – Presidente do Conselho Deliberativo
José Ozias Siqueira – 1º Vice-presidente
Marisa Gazoti Cavalcante de Lima – 2º Vice-Presidente
Alcely Strutz Barroso – Conselheira
Carmen Lucia Albuquerque de Santana – Conselheira

MEMBROS SUPLENTES

Maria Lucia Barros de Arruda – Suplente
Maria Vilma Roberto – Suplente

​MEMBROS TITULARES DO CONSELHO FISCAL

Alfredo de Souza – Conselheiro
Victor Myke de Oliveira – Conselheiro
Uraci Cavalcante de Lima – Conselheiro

​MEMBROS SUPLENTES

Emilia Guan – Suplente
Helenice Lopes Fraga do Amaral – Suplente
Samuel Paixão Oliveira – Suplente

Emprego Apoiado e Qualidade de Vida

O ITS BRASIL foi convidado para participar da série de artigos organizados pelo blog Vencer Limites sobre inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho e o emprego apoiado. Confira o texto escrito por Irma Passoni e Jesus Carlos Garcia (uma das fundadoras e gestor de projetos do Instituto de Tecnologia Social ITS BRASIL) publicado pelo blog. 

A humanidade tem assistido nos últimos anos a uma verdadeira revolução na concepção sobre a deficiência, devida principalmente à mobilização social das pessoas com deficiência e à convergência de diferentes pesquisas científicas nas áreas de psicologia, sociologia, bioética e outras disciplinas.

A referência maior de tipo conceitual e normativo para todas as políticas públicas relacionadas com a deficiência é o conceito expresso na Convenção da ONU

“Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.” (Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, Brasília, 2012).

De acordo com essa definição, a deficiência nada mais é do que uma situação injusta e muito mal resolvida sobre a participação das pessoas com deficiência em todos os âmbitos da sociedade, devido às barreiras sociais e não a um atributo ou característica pessoal. Assim, a deficiência é fruto da inadaptação da sociedade diante de pessoas com impedimentos e diversidade funcional. Isto é, a causa da deficiência não se encontra na pessoa, nem nos impedimentos (cegueira, paraplegia, síndrome de down, etc.)  que ela tenha, mas na sociedade que coloca barreiras ou obstruções para sua plena participação.

Em consequência, entende-se a deficiência como uma responsabilidade social compartilhada. Nessa concepção, o principal destaque deve ser dado à perspectiva dos direitos, e, em consequência, as pessoas com deficiência não devem ser vistas como pessoas defeituosas, imperfeitas ou incapazes, mas como pessoas em plenitude humana e, por tanto, como sujeitos possuidores de direitos que precisam ser implementados.

Ao encontro desse conceito e discussões foi criada, a mais de 30 anos nos Estados Unidos, a metodologia do Emprego Apoiado (EA). Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência por meio da realização de trabalho com apoio. Esta metodologia busca contribuir na transformação de pessoas segregadas e dependentes em autônomas e socialmente participativas, capazes de controlar e dirigir a sua própria vida, realizando-se como seres em projeto que são, iguais às demais pessoas e junto a elas.

Em síntese, pode-se dizer que o Emprego Apoiado é uma tecnologia social que integra um conjunto de ações de assessoria, orientação, formação e acompanhamento personalizado, dentro e fora do local de trabalho, realizadas por profissionais especializados.

Gráfico mostra os diversos instrumentos de apoio à pessoa com deficiência no trabalho desde a fase anterior à contratação até a participação diária desse funcionário na empresa.
Metodologia do Emprego Apoiado

Seu objetivo é conseguir que pessoas com deficiência e outros coletivos em situação de exclusão social encontrem e mantenham um emprego remunerado em empresas do mercado formal de trabalho, ou através de outras formas de geração de trabalho e renda, nas mesmas condições que o resto das pessoas que desempenham funções equivalentes.

É importante destacar que o EA não se caracteriza por ações assistencialistas ou altruístas, mas pelo profissionalismo e o respeito à legislação trabalhista; ou seja, o empregador deve estar satisfeito com a qualidade e produtividade do trabalho desempenhado pelo empregado, assim como este último o deve estar com a função exercida e as condições de trabalho, as quais deverão ocorrer em situação de igualdade em relação aos seus companheiros.

A relação do trabalho com a qualidade de vida é ambivalente, isto é, depende das condições em que ele é realizado. Condições sociais degradantes, jornadas excessivas, inadequação ergonômica, ritmo intensivo, monotonia, pressão psicológica, arrocho salarial, ambiente de insalubridade, assédio, precariedade, etc., são causantes de todo tipo de doenças, sofrimentos, mal-estares e alienação. De outro lado, o trabalho realizado em condições adequadas é valorizado como fonte de realização humana, de emancipação pessoal, de independência econômica, de integração social, de exercício de um direito humano básico, de satisfação emocional e de qualidade de vida.

Neste sentido é possível destacar como benefícios do Emprego Apoiado a saída da situação do desemprego, sobre tudo do desemprego de longa duração, a adequação entre a vocação e o perfil profissional da pessoa com deficiência e as características do posto de trabalho e da função a ser desempenhada, realizada pela metodologia do Emprego Apoiado,  a livre escolha do trabalho e o auxílio na remoção de barreiras.

Estes benefícios influenciam diretamente na qualidade de vida da pessoa com deficiência, estimulando sua autonomia, reduzindo o estresse causado pelas tensões existentes entre as exigências ou demandas do trabalho e aumentando o índice de retenção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho.

Os depoimentos das pessoas beneficiadas pela metodologia do Emprego Apoiado refletem e demonstram todos estes benefícios:

“Eu tinha muita dificuldade de conseguir um serviço de acordo com minha capacidade física. Trabalho atualmente como eletricista e exerço a função em nível de igualdade junto aos meus companheiros de trabalho. Estou muito feliz e confiante, estou me aperfeiçoando na minha área e estudando. Tenho só a agradecer ao programa de Emprego Apoiado e às pessoas que me ajudaram. Me sinto cada dia mais motivado. Obrigado a vocês do ITS BRASIL, e continuem inserindo pessoas e mudando vidas”. Elvis Eudes Pelozatto, profissional com deficiência física, contratado por empresa parceira do ITS BRASIL, em 2016.

Todas essas evidências nos encorajam a expressar a conveniência de implantar o Emprego Apoiado como parte de uma ampla Política Pública de Apoio à Saúde a nível nacional. A contribuição do Emprego Apoiado para a melhora da saúde e qualidade de vida das pessoas com deficiência é importante e desejável.

Confira a publicação no blog Vencer Limites no link: https://brasil.estadao.com.br/blogs/vencer-limites/emprego-apoiado-e-qualidade-de-vida-para-a-pessoa-com-deficiencia/

 

17 ANOS DE HISTÓRIA DO ITS BRASIL

O Instituto de Tecnologia Social – ITS BRASIL tem por finalidade promover a geração, o desenvolvimento e o aproveitamento de tecnologias voltadas para o interesse social. Com a visão de “Ser referência em tecnologia social através da construção e aplicação de soluções inovadoras para as necessidades do mundo atual”.

O ITS BRASIL foi instituído num contexto em que as demandas do novo milênio desafiavam a sociedade brasileira a construir um novo modelo de desenvolvimento para viabilizar a relação entre ciência, tecnologia, inovação e inclusão social. Desde então, em seus 17 anos de trajetória o Instituto foi protagonista em processos que colaboraram para o estabelecimento do conceito de tecnologia social e da tecnologia assistiva no Brasil, impulsionando projetos em sua prática pela articulação com governos e sociedade civil.

Ao longo dos anos já foram desenvolvidos 17 projetos, alguns de forma autônoma e outros em conjunto com os mais diversos parceiros, como Organizações da Sociedade Civil (OSCs), universidades, poder público e empresas. Foram ao menos 600 OSCs e diversos organismos governamentais, entre eles o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), o CNPQ, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), o Ministério da Educação e Cultura (MEC), a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), secretarias municipais, prefeituras e o governo de São Paulo.

Todos os projetos desenvolvidos cumprem a tarefa de gerar inovação voltada ao desenvolvimento social. O ITS BRASIL une o saber acadêmico e o saber popular, com a prática cotidiana, experiências inovadoras e consolidação de metodologias e processos que auxiliam na formulação de políticas pública. Produzindo e organizando conhecimento e informações qualificadas para resolver os problemas do dia a dia e da sociedade.

Em 2018, garantir a sustentabilidade financeira do ITS BRASIL é o grande desafio para dar continuidade aos projetos e manutenção ao Instituto. A expansão da cultura de doações no Brasil é uma realidade, e o ITS BRASIL recebe doações de pessoas físicas e  jurídicas (através da renúncia fiscal). A transparência na prestação de contas e gestão de recursos é fundamental nesse sentido, por isso é possível acessar no site os relatórios anuais com o balanço financeiro auditorado. Recentemente o ITS BRASIL recebeu o Selo Doar de Padrão de Gestão e Transparência do Terceiro Setor com conceito A.

O desejo da equipe ITS BRASIL é que o novo ano que começa hoje siga “irradiando conhecimento a todos, construindo pontes entre necessidades e soluções”!

 

Mulheres constituintes são homenageadas com o Diploma Bertha Lutz

Homenagem

Na manhã de hoje, dia 07 de março, no calendário comemorativo de homenagem às mulheres, o Senado Federal entregou o Diploma Bertha Lutz às 26 mulheres constituintes que foram eleitas e participaram da elaboração da Constituição de 1988, que completa 30 anos neste ano. Entre as 26 mulheres, Irma Passoni, uma das fundadoras do ITS BRASIL, foi homenageada também nesta manhã.

O Senado Federal entrega anualmente o Diploma Bertha Lutz a personalidades que tenham oferecido contribuição relevante à defesa dos direitos da mulher e questões do gênero no Brasil. É muito importante ter no Instituto pessoa tão comprometida e que continua contribuindo com a defesa dos direitos humanos e da igualdade de direitos para todos, como a professora Irma.

Apelidadas pela imprensa e políticos na época de “Lobby do Batom”, as 26 ex-deputadas foram fundamentais ao processo de elaboração da Constituição – algumas destas chegaram a apresentar mais de 200 emendas à Constituição – e são responsáveis por garantir a igualdade de direitos entre homens e mulheres no Brasil.

A bancada de senadoras ressaltou no ofício em que pediram a homenagem: “as parlamentares se destacaram pela considerável apresentação de emendas e contribuíram de forma significativa como vanguarda na formulação da Carta Magna, documento norteador do processo de redemocratização do Estado brasileiro. Os avanços obtidos pelas mulheres nos últimos anos tem, sem dúvida, a marca dessas bravas mulheres”.

Apesar deste reconhecimento, a representação da mulher na política ainda é minoritária. Durante a solenidade, o presidente do senado, Eunício Oliveira, afirmou que participação das mulheres na política ainda é insatisfatória. Hoje, a participação de mulheres nas bancadas é de cerca de 5%, muito abaixo de sua porcentagem na população.

Homenageadas

Entre as homenageadas, estão as atuais senadoras Lídice da Mata (PSB-BA), Lúcia Vânia (PSB-GO) e Rose de Freitas (PMDB-ES), além da deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ). Também receberão o diploma as constituintes Anna Maria Rattes (RJ), Beth Azize (AM), Bete Mendes (SP), Eunice Michiles (AM), Irma Passoni (SP), Lúcia Braga (PB), Maria de Lourdes Abadia (DF). Maria Lúcia de Mello Araújo (AC), Marluce Pinto (RR), Moema São Thiago (CE), Myriam Portella (PI), Raquel Cândido (RO), Raquel Capiberibe (AP), Rita Camata (ES), Sadie Hauache (AM), Sandra Cavalcanti (RJ). E, in Memoriam: Abigail Feitosa (BA), Cristina Tavares (PE), Dirce Tutu Quadros (SP), Márcia Kubitschek (DF), Rita Furtado (RO); Wilma de Faria (RN).

Veja a notícia do Senado e vídeos da solenidade:
https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/03/06/diploma-bertha-lutz-reconhece-importancia-da-bancada-feminina-na-constituinte

 

 

ITS BRASIL inicia novos projetos de Emprego Apoiado

O ITS BRASIL está iniciando dois novos projetos de empregabilidade de pessoas com deficiência utilizando a metodologia do Emprego Apoiado. Além do projeto de São Paulo, agora teremos o projeto no ABC e Baixada Santista, também vinculados ao PRONAS/PCD – Programa Nacional de Apoio à Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência, do Ministério da Saúde do Governo Federal.

Antes de iniciar o trabalho, a equipe dos projetos ABC Santo André, São Bernardo e Mauá, e Baixada Santista, Cubatão e Guarujá passou por uma capacitação. A formação dos TEAS  aconteceu no início de janeiro na sede do ITS BRASIL e na instituição parceira APABB.

As atividades contaram com cerca de 28 pessoas com as mais diversas formações que residem nestes municípios, e agora vão aplicar a metodologia do EA para a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho formal.

Durante estes dias, os profissionais que já coordenam outros projetos de Emprego Apoiado pelo ITS BRASIL (e irão coordenar os novos projetos também) apresentaram a metodologia do Emprego Apoiado. Utilizaram estratégias como dinâmicas de grupo, debates e apresentações, sempre buscando demonstrar a realidade do segmento das pessoas com deficiência em relação ao emprego formal.

Embora este período de preparação tenha sido intenso, os técnicos de emprego apoiado afirmaram que foi muito produtivo e estão prontos para iniciar seu trabalho. Camila Vaz, uma das novas TEAS, afirmou que o treinamento “colaborou na construção do saber já adquirido na prática com o saber teórico ao nos inundar de informações de suma importância para compreender a luta na aquisição de direitos para a população com deficiência.” Jéssica afirma ainda que “todo conhecimento compartilhado conosco será aplicado diariamente em cada acompanhamento. Foi um treinamento dinâmico e mesmo com o curto tempo possibilitou assimilar as informações e métodos.”

Veja o registro do treinamento:

Dia de doar

Hoje é #diadedoar!

O Dia de Doar é uma campanha para promover a solidariedade e a cultura de doação no país. É um movimento, uma ação nacional para termos um país mais generoso e solidário, e que neste ano está sendo realizada hoje, no dia 28 de novembro.

O #diadedoar foi realizado no Brasil pela primeira vez em 2013, e sua origem é os Estados Unidos, onde começou em 2012. Hoje é uma campanha mundial, com mais de 35 países oficialmente participando.

Participe também!

Faça sua doação e contribua para a ação de importantes instituições no país!

O ITS BRASIL também aceita doações on-line. Veja como doar em nosso site: itsbrasil.org.br/doe

Debate: Mulheres e lutas na periferia de SP

Fotos do Debate: Mulheres e lutas na periferia de SP

Relato

Este importante debate aconteceu no dia 04 de outubro na livraria Tapera Taperá. Esteve presente Irma Passoni, militante do MCV e de outras movimentos populares nos anos 1970, ex-deputada estadual pelo MDB (1979-82) e federal pelo PT (1983-95) e fundadora do Instituto de Tecnologia Social.

Além de Irma Passoni, estiveram no debate Natália Szermeta – Coordenadora do MTST, em São Paulo, Alana Moraes – Doutoranda pelo Museu Nacional/UFRJ que compõe o Urucum Pesquisa-Luta e Thiago Monteiro – Mestre em História Social pela USP, autor do livro “Como pode um povo vivo viver nesta carestia: o Movimento do Custo de Vida em São Paulo (1973-1982)”.

A história das lutas do Movimento do Custo de Vida aborda experiências fundamentais para a fundação e existência do ITS BRASIL.

Registro – Emprego Apoiado Abrindo Portas

Em 21 de setembro de 2017, realizamos o evento para lançamento do livro “Emprego Apoiado Abrindo Portas”, no auditório da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Estado de São Paulo.

Vilma Roberto, coordenadora do projeto PRONAS/PcD – Emprego Apoiado, conduziu o evento. Na abertura, frisou a relevância em realizar um evento no dia nacional de Luta da Pessoa Portadora de Deficiência, apresentando a necessidade de comemorar e refletir sobre as barreiras que as pessoas com deficiência enfrentam e o papel de todos em resolver estas barreiras, em uma sociedade que busca a inclusão.

Na abertura falaram José Carlos Carmo, do Ministério do Trabalho; Marinalva Cruz, da Secretaria da Pessoa com Deficiência do Município de São Paulo e Suely Ferreira, gerente executiva do ITS BRASIL, acompanhada posteriormente de Pasqualina Jacomaci, presidente do ITS BRASIL.

Na sequência, Jesus Carlos, do ITS BRASIL, apresentou os resultados do projeto ressaltando o aumento da qualidade de vida das pessoas com deficiência e sua satisfação com o emprego e mudanças após a inserção no mercado de trabalho e também a satisfação e mudanças positivas nas empresas que recebem as pessoas inseridas pela metodologia do emprego apoiado.

As falas apresentaram questões importantes para seguimento do projeto e ampliação de seu alcance. Percebe-se, pela postura da maioria das empresas e negligência ainda recorrente à Lei de Cotas, que a barreira principal para exclusão das pessoas com deficiência, ainda é a barreira atitudinal.

Por outro lado, o emprego apoiado atua como instrumento para que a pessoa com deficiência possa ser inserida e enxergada pelo mercado de trabalho. Neste sentido, o livro lançado servirá para difundir o Emprego Apoiado e seus resultados e ajudará a ampliar a inserção de pessoas com deficiência.

O evento teve momento muito importante de fala de pessoas cujos casos de inserção estão relatados no livro. Foi um momento de compartilhamento de suas impressões e avaliação sobre o processo de inserção pela visão do usuário da metodologia do EA. Todos ressaltaram os resultados positivos, especialmente os frutos e conquistas obtidas após a inserção no mercado de trabalho.

Em seguida, representantes de empresas parceiras do projeto abordaram a necessidade de ampliar a inclusão,influenciar outras empresas a empregar pessoas com deficiência independentemente de cotas e a necessidade de expansão do Emprego Apoiado a nível nacional.

Falaram Kátia, da Riachuelo; Leandro, da empresa Manserv; Núbia representando a IBM; Dirceu pela BoaVista, Fernanda do grupo RD (RaiaDrogasil) e Renata da empresa Plural.
Falam do impacto positivo do projeto dentro das próprias empresas e nos gestores, com a sensibilização promovida pelas técnicas e a partir dos próprios resultados do projeto, mencionam que o emprego apoiado contrapõe o olhar para o indivíduo, atuando com as adequações personalizadas mediante a necessidade apresentada, tratando-se de um trabalho diferenciado prestado junto às empresas.

O evento foi finalizado com a reafirmação do comprometimento dos presentes em trabalhar pela inclusão e igualdade de direitos.

Veja a nossa galeria de fotos:

Lançamento do Livro: Emprego Apoiado Abrindo Portas

O Instituto de Tecnologia Social – ITS BRASIL tem a alegria de convidar a todos para o lançamento do livro: Emprego Apoiado Abrindo Portas.

O livro traz a publicação dos resultados obtidos junto ao primeiro projeto de inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho junto ao PRONAS/PcD por meio da metodologia do Emprego Apoiado.
É um momento de agradecer a todos os parceiros que contribuíram pela realização desse projeto e lutam por uma sociedade para todos.

O evento ocorrerá na quinta-feira, dia 21 de setembro de 2017, das 8h30 às 12h.

Informações

Programação:
8:30 – Cadastro e café
9:00 – Abertura
10:00 – Apresentação dos resultados PRONAS/PCD
10:20 – Apresentação do Livro
10:30 – Depoimentos de pessoas com deficiência inseridas pelo PRONAS/PcD, Familiares e Técnicos de Emprego Apoiado
11:30 – Apresentação das Empresas
12:00 – Encerramento

Local:
Auditório do Ministério do Trabalho
R Martins Fontes, 109 – Centro – São Paulo
Próximo ao metrô Anhangabaú
O evento contará com intérpretes de libras.

Maiores informações: tel.: (11) 3151-6499
Confirme presença pelos e-mails:
its@itsbrasil.org.br e vilma@itsbrasil.org.br

Cimentícios Heliópolis

Neste dia 06 de setembro de 2017 foi realizada a primeira oficina de formação técnica com o grupo que está sendo sensibilizado e envolvido no projeto Cimentícios Heliópolis no espaço do CEU Heliópolis.

O empreendimento faz parte do projeto de Inclusão Produtiva para pessoas em situação de vulnerabilidade social, muitas das quais fizeram ou fazem uso abusivo de substancias psicoativas. As pessoas envolvidas neste projeto são moradoras da comunidade do Helipa e algumas estão hospedadas no Hotel Social do antigo DBA que está localizado na região.

A proposta foi criada a partir de articulação e parceria entre o ITS Brasil, o Projeto Crescimento da Escola Politécnica da  USP, a UNAS – Associação de Moradores do Heliópolis, O Centro de Educação Unificado de Heliópolis- CEU Heliópolis, o Fab Lab Livre SP e o arquiteto Ruy Ohtake.

O ITS BRASIL assumiu a tarefa de fazer a coordenação executiva do projeto, auxiliar na mobilização comunitária para constituição do grupo, a  incubação, no que diz respeito à gestão do negócio e a viabilidade associativa do grupo, além da formação em temas ligados a cidadania e ao mundo do trabalho.

O projeto Crescimento da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo assumiu a formação e acompanhamento técnico para a produção, o fornecimento de insumos necessários para a produção, a comercialização dos produtos por meio de seus parceiros e site, além do auxilio técnico na construção da lista de equipamentos necessários ao empreendimento.

A UNAS realizará as formações cidadãs e em economia solidária em conjunto com o ITS BRASIL e a mobilização comunitária para a constituição do grupo.

O CEU Heliópolis auxiliará na mobilização comunitária, na formação para a cidadania  e disponibilizará dois espaços na sua estrutura pelo período de onze meses, um para estoque de insumos e peças produzidas e outro para produção.

O Fab Lab Livre SP auxiliará na formação técnica para produção e disponibilizará seus laboratórios para a construção de formas, moldes e outros artigos necessários para a produção.

O arquiteto Ruy Ohtake desenvolverá o design de uma linha de produtos para o empreendimento, disponibilizará também o projeto de algumas peças da sua coleção e auxiliará na articulação com espaços para comercialização dos produtos.

Até o momento, foram realizadas três reuniões de articulação e planejamento na Poli USP, na UNAS e no CEU Heliópolis. A primeira reunião de sensibilização para o publico alvo do projeto Cimentícios Heliópolis ocorreu no dia 31 de agosto e a primeira oficina de formação técnica com o grupo no dia 06 de setembro.

Veja algumas fotos da sensibilização e da oficina:

 Foto mostra uma roda de mais de 40 pessoas em uma sala fechada durante a atividade de sensibilização.

Foto de um folheto explicando a oficina do dia 6 de setembro, explicando a atividade de moldagem de componentes cimentícios e a divisão de mesas para produção de 4 tipos de peças diferentes: revestimento, vasos, peça especial e moldagem livre.Foto mostra o conjunto de pessoas que trabalham com a mistura de cimento em duas mesas grandes.Foto mostra senhor despejando a mistura de cimento em forma de plástico junto a outras pessoas que participam do processo.Foto mostra conjunto de pessoas trabalhando com mistura de cimento e formas em mesa localizada no espaço do CEU. Foto de uma mesa de produção da oficina de moldagem. Há 7 pessoas no entorno e a mesa está na parte descoberta do CEU Heliópolis, com o prédio do CEU e o dia ensolarado ao fundo.Foto de um vaso de cimento feito por moldagem.