Oficina Deficiência e Sociedade

Em 14 de dezembro de 2017 o Instituto de Tecnologia Social ITS BRASIL realizou na sede da CAMP OESTE na região da Lapa, a Oficina Deficiência e Sociedade para cerca de 40 profissionais que atuam como educadores e em demais setores da instituição.

Durante o encontro, as profissionais Vilma Roberto e Gisele Lima falaram sobre deficiência e os mitos que ainda existem em relação a pessoas com deficiência, os termos corretos e como abordar estes cidadãos.

Vilma, que possui deficiência visual, alertou que a sociedade precisa eliminar as barreiras que impedem as pessoas com deficiência de participar em plenas condições de igualdade com as demais.

Os presentes aproveitaram para tirar uma série de dúvidas sobre o tema, pois muitos deles possuem pessoas com deficiência na família e, mesmo com a convivência, ainda desconhecem o potencial destes.

Estamos disponíveis para realizar oficinas para diversos públicos.
Informações podem ser obtidas pelo e-mail its@itsbrasil.org.br

 

Lei de Cotas completa 26 anos

Há 26 anos foi criada a LEI Nº 8.213, lei de contratação de Pessoas com Deficiência que cria cotas mínimas de contratação para empresas com mais de 100 funcionários.

Apesar da lei existir a 26 anos, são poucas as empresas que conseguiram cumprir integralmente a cota de contratação, o que exige transformação de convenções e superação de barreiras e preconceitos por muito tempo perpetuados. Por isso, a fiscalização ainda é o maior mobilizador da ação efetiva pela inclusão, sendo que muitas empresas preferem pagar as multas decorrentes do não cumprimento da lei.

Assim, se faz fundamental a existência desta legislação para garantia do acesso das pessoas com deficiência ao mercado de trabalho, pois sem ela, dificilmente este direito seria uma prioridade para as empresas no Brasil. Foi a partir da criação da LEI 8.213/91, portanto, que as pessoas com deficiência começaram a ter acesso ao trabalho remunerado.

Além da legislação, é importante a atuação de instituições, como a do ITS BRASIL, que através de projetos de Emprego Apoiado procura sensibilizar a sociedade – empresas, pessoas com deficiência e familiares e gestores públicos – para as verdadeiras barreiras que impedem a inclusão e desenvolvimento pleno dos potenciais das pessoas com deficiência.

Recentemente, em 2015, tivemos promulgada a LBI – Lei Brasileira da Inclusão, que traz a seguinte definição de “pessoa com deficiência”:
Considera-se pessoa com deficiência aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.

As barreiras que impedem ou dificultam a participação das pessoas com deficiência são externas e de responsabilidade social, ou seja, a sociedade é que tem de se modificar e adaptar para possibilitar a participação plena e igualitária de todos.

A trajetória da luta pela inclusão das pessoas com deficiência tem muito mais de 26 anos e ainda temos muito que avançar. Avançamos juntos, por isso convidamos todos a conhecer mais sobre nosso projeto de inclusão das pessoas com deficiência através da metodologia do Emprego Apoiado e a se envolverem nesta luta!