Pão Sol


Uma parceria entre o Fundo Social de Solidariedade de Osasco (FSS) e a Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI) permitiu a implantação de mais um projeto de inclusão social na cidade. Trata-se do Pão Sol, que atende pessoas em situação de vulnerabilidade social proporcionando ferramentas para geração de renda.
O projeto, que tem o apoio do Instituto de Tecnologia Social e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), funciona em uma oficina setorial de alimentação, inaugurada na manhã de terça-feira, 11 de dezembro de 2007. Trata-se de uma padaria solidária cujo objetivo é promover a inclusão social e econômica. Em geral, o público alvo já participa dos programas de transferência de renda mantidos pela prefeitura, e encontra no projeto uma porta de saída dessa situação.
O “Pão Sol” forma técnicos em panificação e confeitaria, por intermédio do programa de capacitação ocupacional. Para o prefeito Emidio de Souza, a iniciativa vai de encontro às estratégias traçadas pela administração municipal para contemplar um dos pilares do governo, que é a inclusão social.
No projeto Pão Sol, ao final de cada curso, os participantes têm três opções: formar um empreendimento econômico e solidária, com acompanhamento da Incubadora Pública de Empreendimentos Populares e Solidários (Ipeps) de Osasco; criar um empreendimento individual, com encaminhamento para os cursos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); ou partir para o mercado formal, por meio do Portal do Trabalhador de Osasco.

Voltar